top of page

SONO – HIGIENE E IMPORTÂNCIA

ARMANDO BUENO DE CAMARGO

CRP – 06-93377 / CNES 7071124

Psicólogo Clínico - Psicanálise - Sexualidade humana



Nos preocupamos com a higiene do corpo, porém, a higiene do sono, pouca são nossas preocupações o que reflete na qualidade de vida.


Normalmente fatores externos e ambientais geram efeito adversos, nocivos e estressantes no momento do sono, que deve ser um horário de relaxamento, saudável e refazimento de nossas energias para o dia seguinte, exceção aqueles que possuem distúrbio do sono, sonolência crônica diurna, ou outras possíveis patologias significativas que alteram o ciclo do sono, que devem merecer atenção de especialistas.


Para a qualidade do sono merece nossa atenção em mudanças fundamentais na organização, rotina e hábitos de nossas atividades que induzam na qualidade do sono. 0bservação : levantar cedo é mais importante que dormir tarde.


Deve-se buscar rotinas que facilitem o relaxamento como: alimentação noturna bastante leve e distanciada do momento do repouso, evitar ingestão de grande quantidade de líquidos(para não ter que acordar vezes para esvaziamento da bexiga), evite ingestão de cafeína, chocolates, bebidas alcoólicas, drogas psicoativas. Prepare um ambiente silencioso e confortável, baixíssima luminosidade (para melhor produzir o hormônio melatonina) evite aparelhos luminosos como tv e celulares.


Acostume-se a levar seus problemas para o psicologo e não para cama, pois, trará um repouso e um sono saudável e necessário, aprenda a respeitar seu relógio biológico.


Prática intensa de exercícios físicos intenso e noturno, também é um fator estressante, pois canaliza intensamente os hormônios adrenalina e cortisol, provocando excitação na hora que deveria ser de repouso para o sono de boa qualidade.


A privação do sono traz consequência, não só na parte da saúde mental, mas a saúde física geral, pois, altera as funções hormonais; há especialistas que indicam que a obesidade, depressão e ansiedade estão ligadas à qualidade do sono, estímulos psíquicos ficam prejudicados trazendo como consequência no aprendizado e memória, altera pressão arterial, compromete a frequência cardíaca, níveis de glicose, baixa na imunidade , funções cognitivas também podem ficar comprometidas, visto que o processamento de informações, armazenamento de memória, dificuldade de resolver problemas do cotidiano, velocidade de ação e raciocínio também podem estar afetados, além de alteração de apetite, distúrbio de humor e irritabilidade etc.


É durante o tempo do sono em suas diversas fases que há a consolidação da memória, há a liberação de hormônios, renovação de células, fortalecimento do sistema imunológico, restaura os níveis de energia necessárias para o próximo dia para que seja produtivo, em suas fases podemos observar que o corpo relaxa, a respiração e batimento cardíaco ficam mais lenta, há um relaxamento dos músculos,


A OMS Organização Mundial de Saude, informa que entre 40 e 45% da população mundial sofre de insônia, portanto, importante que se observe a qualidade de vida resultante da qualidade do sono que está sendo conseguido, havendo dúvida, há de se procurar ajuda médica e a psicologica apropriada, pois, a qualidade do sono vai muito além do descansar a mente e o corpo, significa na realidade qualidade de vida, saúde, estabilidade emocional, harmonia hormonal, controle do humor, diminuição do estresse do dia, em fim o bem estar geral.















Avenida General San Martin 116 sala 3 – Ponta da Praia - Santos /SP –



10 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Regiane Farah
Regiane Farah
May 24, 2022

Muito interessante a matéria. Tenho uma dúvida. Há diferença de qualidade de sono entre as diversas faixas etárias?

Like
Replying to

A necessidade do sono é pessoal, alguma pessoas satisfazem-se com menos horas de sono, importante é observar a disposição para o dia seguinte. O ideal é ter de 5 a 8 horas sem interrupção.

Like
bottom of page